Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Viver a vida

por Silver, em 07.03.14

Ainda não tenho a certeza se sou ou não classificada como uma pessoa anti-social. Não sou nenhum bicho do mato, não tenho só 3 amigos dos quais 2 são imaginários e o outro é a minha mãe, não ando sozinha nos intervalos, sou convidada várias vezes para saír...mas também não sou uma pessoa sociável - talvez porque não tenho um amigo ou amiga em quem possa confiar a 100%, e para dizer a verdade, a partir de setembro vou perder contacto com 90% destes "amigos".

Hoje queriam organizar uma saída à tarde para beber um café. Na ideia delas aquilo era socializar e ser feliz. Na minha cabeça era caminhar 2km até ao café, chegar lá e apanhar com fumo do tabaco delas, gastar dinheiro num café que nem me ia estar a apetecer e ficar 3horas a ouvir de assuntos como as bebedeiras que apanharam, como Marina d'Or seria espetacular, como não voltariam porque iam ficar em coma alcóolico, como aquilo era só vida loka. Por isso disse que não - porque já conheço as "saídas para ir ao café". Vieram logo comentários - Tu nunca sais. - Não aproveitas a vida. - Vais-te arrepender. E depois eu sou obrigada a dizer - Vá, eu depois digo-vos qualquer coisa. (mas nunca digo nada).

Depois disseram-me para sair amanhã à noite. Na ideia delas aquilo era viver a vida. Na minha cabeça era aguentar com um bando de galinhas bêbedas, com rapazes que gostam de urinar na rua em frente a toda a gente, com vómito aqui, ali e no outro lado e já para não falar noutras coisas que gostam de fazer em becos. Por isso também disse que não. E os mesmos comentários vieram.

Finalmente, veio a notícia que está nas headlines das nossas conversas desde setembro - Marina d'Or - a viagem de finalistas à qual eu não vou, já que optei por Londres. E as críticas continuaram. E porque eu estou a ser tonta. E que é a única viagem de finalistas que eu vou ter na vida. E que eu posso ir a Londres quando eu quiser, que Marina d'Or é uma oportunidade de ouro. E que eu me vou arrepender amargamente de não ir para a vida loka de Marina. Na cabeça delas, aquele é o destino de sonho - qual Paris, Nova Iorque, Bahamas, Jamaica? Marina d'Or all the way. Para mim, Londres é o meu destino de sonho desde que ouvi falar em tal sítio.

E é isto, desabafos de uma pessoa que está farta de aturar adolescentes imaturas que só se sentem completas de cigarro numa mão, copo de vodka na outra, a caçar namorados de 3 dias e que ainda gostam de criticar quem não leva a vida fabulosa delas. 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 20:37


19 comentários

De filipa. a 07.03.2014 às 21:31

Cada um vive a sua vida como quer e pode...não é por sermos mais calados ou mais caseiros que isso seja sinônimo de sermos anti sociais. É caso para dizer que é uma questão de perspectiva. :)

De Ynis a 07.03.2014 às 21:45

sei perfeitamente como te sentes.. mas no meu caso, sou mesmo anti-social na maioria das vezes.. e bem, digamos que não me criticam tanto no modo de sair, mas sim, no meu modo de vestir e no facto de quando não estou 100% confiante, não falar que nem uma galinha.
hoje em dia, aproveitar a vida segundo o ''pessoal'', é foder com tudo e com todos, embebedarem-se, criticar uma pessoa porque simplesmente são pobres de espírito, acharem-se super ''v1d4 l0k4'',  ter swag e fazerem isto e aquilo.. no fundo acham que as suas vidas são um exemplo a seguir, quando é exactamente o contrário..
deixai-as falar à vontade! queres ir para Londres? ENTÃO VAI! mesmo que te arrependas, se não fores, se calhar vais pensar ''e se eu tivesse ido.. e se blabla''.. ao menos fizeste aquilo que querias no momento. só vivemos uma vez, vale a pena aproveitarmos a vida como desejamos. e assim como podes ir para Londres quanto tu quiseres, também podes ter um baile de finalistas quando tu quiseres.. basta teres vontade.

--

ahahahahah, omg.. really? a sério que fizeste isso? xD'D.. a minha escola foi reconstruída, por isso, nem sei onde fica sequer a cave!
as pessoas não costumam ficar muito chateadas comigo, às vezes ignoram (não por muito tempo né u_u).. mas tenho amigas que adoro ''massacrar'' e às vezes, (a maioria das vezes) até gosto de tentar irritar a sacha aqui dos blogs xp

De N a 07.03.2014 às 22:53

Bem querida, identifico-me bastante com este teu post. No meu tempo de básico e secundário aconteceu-me o mesmo. Nunca fui na cantiga delas(es) e por isso, desse tempo, apenas conservo a minha melhor amiga (que se tornou melhor amiga precisamente por isso). Não temos que fazer aquilo que não queremos para agradar os outros, e com o tempo vais notar ainda mais isso. 
Passas a ter amigos, conhecidos e colegas e essa separação está naquilo que contas e que fazes com cada um deles. :)


Beijinhos

De Ynis a 08.03.2014 às 00:24

não é pra te provocar, apenas achei engraçado xD'D  https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc3/t1/1897868_250448061803687_1941291097_n.jpg

De Ynis a 08.03.2014 às 14:10

ahahahahah, omg xD'D

De Baú de Conversas a 08.03.2014 às 14:13

Concordo, absolutamente, com o teu post! Quase que poderia ter sido escrito por mim, só não estaria era tão bem escrito :p  Gosto de saber que ainda há adolescente que pensam para além de logo à noite!

De sacha hart a 08.03.2014 às 16:03

O que eu me apercebi na saída a que fui é aquilo que dizes neste post: vida loka é fumar, beber e abrir os decotes para que alguma rapaz espreite. Para algumas pessoas é a definição de diversão e o aproveitar da adolescência, para outras (aparentemente os tão chamados anti-sociais, por tudo e por nada) não é nada disso. Ridículo às vezes. 

De Sara a 08.03.2014 às 17:34

ahah fazes bem silver, eu apoio-te :)
mas acho que devias tentar organizar alguma coisa ao teu género com elas! assim ficavam todas contentes, não? ou elas só ficam contentes com a sua vida loka?

De sarah a 08.03.2014 às 18:03

exacto! o pior é que isto tudo, o motivo da minha revolta, começou porque eu e uma amiga minha dizemos as verdades que nunca ninguém quer ouvir.  como se nós não pudessemos dizer as coisas quando elas estão mal, é quase como se levasses um estalo e não reclamasses, não acho normal, enfim, só à estalada.

De sarah a 08.03.2014 às 18:03

exacto! o pior é que isto tudo, o motivo da minha revolta, começou porque eu e uma amiga minha dizemos as verdades que nunca ninguém quer ouvir.  como se nós não pudéssemos dizer as coisas quando elas estão mal, é quase como se levasses um estalo e não reclamasses, não acho normal, enfim, só à estalada.

Comentar post


Pág. 1/2



Welcome

Sou a "Silver", Benfiquista de nascença, tenho 18 anos e sou estudante universitária. Criei este blog em Julho de 2013 com o intuito de despejar aqui as minhas vivências, desabafos e idiotices. Bem-vindos! 


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D