Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Stalking pós colocações

por Silver, em 07.09.14

Depois de sairem as médias e de ter posto de parte a minha 1ªopção, fui cortar cebolas durante aproximadamente meia hora (embora ainda o esteja a fazer mas mais conformada). Depois, e como boa cusca que sou, fui stalkar os meus amigos, os pouco amigos, os conhecidos e os de vista.

Pequenos pormenores que descobri:

 

 - A rapariga mais inteligente que já conheci na minha vida entrou em estudos asiáticos, numa candidatura em que constava também estudos africanos.

 - 50% da minha turma entrou em enfermagem, medicina, fisioterapia, fisiologia ou reabilitação, 49% em cursos relacionados com política, economia, gestão e empresas e nos restantes 1% consto eu, que entrei num curso que não gosto e é outra rapariga, que entrou no curso que queria e foi a última colocada. Escusado será dizer que se não gostava dela antes, neste momento estou a fazer voo doo com uma foto dela.

 - 90% dos génios do meu 4ºano não se candidataram ao ensino superior.

 - Há uma surpreendente quantidade de rapazes a ir para a faculdade de letras.

 - Provavelmente a maioria das pessoas do meu círculo de amigos não sabe do que se trata sequer o curso em que entraram.

 - Os piores alunos de matemática que conheço entraram quase todos em gestão ou finanças.

 

Não tendo mais nomes de pessoas a pesquisar, parti depois à descoberta do meu curso, fazendo também curiosas constatações:

 

 - Há uma quantidade surpreendente de rapazes (normalmente os cursos de saúdes são mais para raparigas)

 - 75% das pessoas meteu o curso como 2, 3, 4, 5 ou 6ªopção

 - 15% das pessoas tem média para entrar no curso principal (diga-se, a minha 1ªopção) mas preferiu meter o curso do politécnico em 1ª.

 - 50% das pessoas queria biologia (alguém que me explique o fascínio pela biologia)

 - Uma aluna daquele curso é fofinha e não quer lá meter os pés (talvez seja eu).

 

Vá, vamos a isto. 

 

*Não liguem às percentagens que eu não sei trabalhar com aquilo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:08


14 comentários

De Mar a 07.09.2014 às 17:39

Depois não podes pedir transferência ou equivalência?

De Mar a 08.09.2014 às 12:53


Desde que consigas entrar no curso que gostas, podes até não gostar muito da universidade,  mas até te podes surpreender e acabar por gostar das pessoas e do espirito académico.
Muito obrigada:D

De moon a 07.09.2014 às 18:38

entraste onde?
é sempre terrível não se entrar, sei o que isso é pois não entrei na minha primeira opção no meu primeiro ano de faculdade, acabei por desistir passado um mês e passado um ano entrei onde quis.
não percas a calma, podes sempre pedir transferência, mudar de curso ou entrar para o ano.
beijinho x

De Ana a 09.09.2014 às 01:18

Posso perguntar em que curso e estabelecimento entraste? Nem sempre as coisas são tão más como parecem. Conheço muitas pessoas que entraram na 2ª e 3ª opção, muito contrariadas e extremamente decididas a mudar, e que no final perceberam que ali é que se sentiam bem e que gostavam daquele curso muito mais do que alguma vez pudessem imaginar. Keep trying! Sempre tens a 2ª fase e a esperança é a última a morrer!

Comentar post


Pág. 2/2



Welcome

Sou a "Silver", Benfiquista de nascença, tenho 18 anos e sou estudante universitária. Criei este blog em Julho de 2013 com o intuito de despejar aqui as minhas vivências, desabafos e idiotices. Bem-vindos! 


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D