Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A dor de pensar

por Silver, em 22.02.14

Tenho vindo a dizer muito mal de Fernando Pessoa, mas finalmente percebi o homem e o porquê de ele beber tanto absinto para esquecer os problemas. É que para estudar português, especialmente textos líricos, é precisa uma paciência daqui até à à ponta da muralha da china.

Eu não sinto isto com a biologia, nem com a (horrível, aterrorizante e desprezível) matemática. E ainda nem acabei, falta-me Padre Aintónio Vieira (e os seus peixinhos) e o Ortónimo de Pessoa. 

Se não voltar nos próximos dias é porque sucumbi ao cansaço - e vós, pessoas das literaturas, da cultura e que sentem prazer genuíno a estudar textos líricos, dramáticos e afins (eu bem sei que abundam na blogosfera, não se escondam), se quiserem ir fazer o meu teste intermédio, estão à vontadinha.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30


4 comentários

De N a 22.02.2014 às 23:47

Confesso que de todo o programa de Português, o Sermão aos peixes foi o que mais me custou ler e estudar (tirei uma miserável nota nesse teste)... 
O Fernando Pessoa era esquizofrénico e não podem dizer o contrario, mas que o homem até escrevia bem, lá isso escrevia :D


Bom estudo! 
Beijinhos

De Ana a 23.02.2014 às 14:20

Ao ouvir falar destes conteúdos todos, fico logo com saudades do secundário :P
Eu adorava Fernando Pessoa! Só percebi depois de acabar o 12ºAno.
Já Luís de Camões e o seu amigo Lusíadas não era muito a minha praia.

De Lis a 23.02.2014 às 19:35

Bom estudo e boa sorte!


L*

De António a 23.02.2014 às 22:49

Fernando Pessoa foi (e é) um génio da literatura portuguesa. E o ortónimo é a poesia mais bonita que ele tem.  E ele não bebia apenas absinto, também fumava ópio e depois disso escrevia...
Padre António Vieira não tem muito que saber, é entender a época em que ele viveu e depois é tudo simples.
P.S.: Eu não me importo de fazer o teu teste intermédio! :D

Comentar post



Welcome

Sou a "Silver", Benfiquista de nascença, tenho 18 anos e sou estudante universitária. Criei este blog em Julho de 2013 com o intuito de despejar aqui as minhas vivências, desabafos e idiotices. Bem-vindos! 



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D